a tal história das traições



Odeio traições. Odeio mesmo. De facto. Com facto e sem facto. Já fui traída, mas não perdoei. Já fui traída e já perdoei. Sei o que custa o lado de cá e o lado de lá. A traição consome-nos como uma doença que sustenta a morte dentro de nós. Mas pode ser perdoada. Pode ser ultrapassada. Óbvio é, que cada um vive as emoções à sua maneira.
Mas depois pensamos nas mais variadas traições e para mim as piores são as que acontecem numa relação amorosa. Se vos dissesse que cada vez que penso nisso, que leio e conheço histórias de pessoas que foram traídas ou traem, quase me apetece partir tudo. Não consigo perceber como as pessoas têm a lata de o fazer e esconder aquilo por tempos e tempos, anos até. Já pensaram o que é descobrir uma traição do nosso companheiro, namorado, conjugue; passado anos? A realidade é que a verdade mais tarde ou mais cedo vem sempre ao de cima. Nem que tenha que se andar atrás dela. Ao fim ao cabo, chega a altura em que acredito que se abre os olhos e se começa a reparar em todos os sinais. 
A maior luta de perdoar uma traição é o contra-ataque todos os dias contra memórias, lembranças, imagens e quebras de confiança. Há possibilidade de se ser feliz, mas acham que vale a pena?

28 comentários:

♥ Carolina disse...

Como sabes já estou mais que anestesiada nesta área :s
Das vezes que fui traída em nenhuma perdoei...seja tanto no amor como amizade não perdoei em nenhuma...acho que se as pessoas estão conosco é porque gostam de nós e não é para 5 ou 6 meses depois nos "trocarem" por outra amiga ou namorada (depende do caso) Mas essa opinião varia de pessoa para pessoa...
Existem pessoas que acham que realmente o melhor é perdoar e outras que é melhor esquecer e passar á frente e não perdoar...já eu pertenço a este ultimo "grupo"...

Bjs*

Runaway disse...

Na minha relação amorosa nunca traí e penso nunca ter sido traído (penso, porque o corno é sempre o último a saber :P), por isso não sei se vale a pena.
Das outras situações em que pode haver traição, já conheci/vivi algumas e posso dizer que é das situações que mais me entristecem.
Um amigo trair outro amigo, é ignóbil. :(

Quando tu não estás disse...

Tudo vale a pena, quando a alma não é pequena... :)

Quando tu não estás disse...

Tudo vale a pena, quando a alma não é pequena... :)

Parede Escrita disse...

Sinceramente acho que nao, mas depende de caso para caso, porque se traiu, pode muito bem voltar a faze.lo... és como eu, eu nao sei como é possivel terem coragem de trair as pessoas que estao ao lado delas, juro que nao entendo... acho uma estupidez e uma falta de sentimento e respeito pela pessoa em questao. mas eu nao sei como é estar de qualquer um dos lados, porque nunca trai e tenho quase a certeza que nunca fui traido, mas nunca se sabe... Agora se vale a pena ou nao perdoar? acho que depende de caso para caso, mas a verdade é que na maioria dos casos se fosse comigo nao perdoava, porque nao tinha coragem para tal e de certeza que me iria sentir mal e humilhado por tal coisa...
É verdade, esse acto é mesmo magnifico :)
Compreendo, mas sabes que mais? são essas pessoas que por vezes nao nos merecem...

déé disse...

Eu não sou uma pessoa que perdoa fácilmente. Raramente perdoo mentiras, quanto mais traição. Porque se uma pessoa é capaz de espetar uma faca dessas no nosso coração uma vez pode muito bem fazê-lo duas ou três.

Mas há pessoas por quem vale a pena fazer um sacrificio e tentar ultrapassar a situação e ultrapassa-la apesar das cicatrizes serem eternas.

Pequeniña disse...

Eu acho que mesmo dizendo "Eu perdoo-te", nunca se esquece. E quando assim é, não há possibilidade de felicidade plena.

déé disse...

Sim querida... Há pessoas que valem a pena!

Eu não perdoa querida. Sou muito dura :)

déé disse...

se for algo grande não. so perdoei uma vez. por uma +essoa q vale a pena. senão corto logo o mal pela raiz!

éme disse...

acho que já te respondi a isto, pelo menos já disse o que acho sobre traições. é como te disse, fica sempre aquela "desconfiança" aquele medo que se volte a fazer, e isso não é ser feliz :|

resp: comigo está tudo bem :) e quato ao texto, ter conclusão tem, mas acho que só existe na minha cabeça xD

quanto ao meu nome é exactamente aquele que tu não gostas xD

éme disse...

é mesmo o meu nome... não levo a mal tenho 20 anos de existência e ainda não me habituei bem ao meu nome, soa estranho xD

ah então fico à esperada continuação... mas vais dizer se vale a pena ou não? fazes perguntas mas nunca deixas a tua resposta xD

Pequeniña disse...

Eu já o disse a duas pessoas, mas as coisas nunca voltaram ao que eram. Fica sempre alguma mágoa porque se é caso para alguém te pedir desculpa (a sério) é porque foi uma situação difícil e memorável pelos piores motivos :(

Parede Escrita disse...

Concordo contigo perfeitamente :) era tao bom que houve.se pessoas assim ;p
Há pessoas que nao lhes pesa na consciência os seus actos, mas se lhes fizessem a eles, será que gostavam?! Quando nao querem estar com essa pessoa ou querem estar com outra, o melhor mesmo é acabar a relaçao, e nao estar a mentir.. deve ser um sofrimento enorme saber que fomos "trocados" por outra pessoa :s
Deve ser mesmo fantastica a sensação :)

Catita disse...

Eu já trai a minha melhor amiga e essa traição prejudicou-a muito. Mas ela soube ver as circunstancias e eu acabei por ser influenciada por terceiros para cometer aquela traição. Um ano depois ja tinha sido perdoada por ela, mas não por mim. Custou muito a ultrapassar, mas hoje somos as melhores amigas e temos uma amizade muuuuito forte

Parede Escrita disse...

É mesmo, eu conheço algumas pessoas assim, que trabalham em hospitais e sao infermeiras e dizem que é uma sensaçao tao boa, tao gratificante que nao conseguem descrever :)
É mesmo, concordo contigo...algumas pessoas traem apenas por aquele momento, apenas para satisfazer o seu desejo, e isso é de uma fraqueza mental e de uma estupidez que sinceramente, nao sei onde esta o sentido disso, mas pronto... a vida é mesmo assim, e nao o vai deixar de ser vao exister sempre pessoas assim, pessoas que nos irao amar, ajudar, sorrir, chorar, enervar...a diversidade das pessoas é que faz de nos o que nós somos e nós vamos apreendendo com os erros para um dia sermos umas pessoas maiores e melhores :)

Parede Escrita disse...

Pois é, mas quando damos o nosso melhor para que isso nao aconteça é sempre um peso que nao nos fica na cabeça e quando conseguimos salvar uma vida graças aos nossos actos, é sempre muito gratificante :) concordo, apesar de achar que os homens estao em primeiro, as mulheres estao a fazer o mesmo, esta cada vez pior :s agora já nao se sabe em quem confiar, cada vez pior...

Telma disse...

Eu nunca traí e acho que nunca fui traída. Mas acho que não conseguia perdoar, acaba sempre por haver desconfiança ao mínimo sinal

Expedito Gonçalves Dias disse...

Lu de Lúcia...
este assunto daria um tratado de 1200 páginas.
Trair/não trair.
Não quero entrar no mérito. Só espero ter e ser leal, ter e ser cúmplice. e não saber de trair/ou ser traído.
Cada um tem uma forma de lidar com isso, é algo totalmente pessoal.
abraços!

Parede Escrita disse...

Ainda bem, é sempre bom ter pessoas assim :)
Hoje em dia é só mentiras e falsidades...
Isso é verdade, deve haver momentos de tudo, como tudo na vida ;p

Wanna disse...

Depende do caso, e do amor que sentem :| .. mas o assunto ' traição' é muito complicado!

Anónimo disse...

adoro o teu blog (:

lu de lúcia disse...

obrigada, quem quer que sejas :o

John Savvage disse...

Tens total razão, nunca traí, creio já ter sido traído, e nunca mais tive coragem de olhar para essa pessoa. Começou-me a meter nojo. Aliás só o facto de pensar em trair alguém me enoja. Fazer mal a alguém que amo mete-me nojo. Não sei como perdoaste, creio que era alguém mesmo muito importante. Mas quando se trai, essas coisas que se atiram à cara são inevitáveis, por isso acho mesmo que uma traição é algo pouco perdoável :s

Resp: Hábito de mulher? xD Para mim mais os 90, mas adoro 80 também, e sim és a first ahah

showyoumylove disse...

Bem, agora fizeste-me pensar. Fiquei a magicar no assunto por uns minutos. A questão é que a traição é um «quebrar do compromisso». No geral, associamos sempre a traição ao amor. E quando assim é, é tão difícil analisar as situações. Porque amar alguém é algo que fazemos de formas distintas. Cada um vive o amor, conforme o sente. Assim, cada um encara a traição, dependendo da forma como vê o amor. Existem pessoas que jamais perdoariam serem traídas e outras que aprenderiam a passar por cima.

Quanto ao teu comentário, sim, fui eu que escrevi. Muito obrigada mesmo, muito obrigada pela tua opinião. Gosto que sejam sinceros em relação àquilo que escrevo, e sinto que, de alguma forma, o foste. Espero ver-te mais vezes por lá (;

Sê feliz, sempre.

déé disse...

Já vi o filme querida :D Não é de todo o q se está à espera. O miistério é tão intenso q na maior parte do tempo não percebes o q está a acontecer. Mas aconselho-te a ver :)

A Pirata disse...

A traição é horrível e para mim não tem perdão. Conheço quem tenha perdoado coisas bem graves e agora esteja bem e feliz mas eu não conseguia.

ps: gostei muito do teu blog :)

Nix disse...

Nunca fui traída (que eu saiba!), mas tenho bastantes certezas que não perdoaria. Enfim, este é um assunto complicado.

Aninhas22 disse...

Eu acho que o dizer que se perdoa uma traição é só um desvio para tentar travar a desconfiança que se sente do parceiro. A partir daí, nada será como dantes e as desconfianças passam a ser muitas (nunca passei por isso mas acho que é assim).