O sentimento,



a impressão e a sensibilidade concebida,
focam o realce de uma receio desconhecido,
de uma leitura sintetizada de pensamentos e da minha vida.
Porém, a conclusão é pouca e o pavor não é perdido.

10 comentários:

éme disse...

não tenhas medo Lú, o mendo não nos leva a lugar nenhum.

pois, eu como quando tenho fome, muitas vezes salto refeições (almoço ou jantar) :|

Emilie Lorena disse...

Existem sentimentos que nunca desaparecem, por muito que tentemos :s Resta-nos aprender a viver com eles :)

m. disse...

Tens pavor do quê? Nunca mais falámos...

m. disse...

Tu sabes que precisas de mudar! Mexer na tua vida e mandar fora os podres.
Estou igual, sinceramente.

éme disse...

sabes que nunca provei bolo de nesquik xD ahaha não tou com muita vontade de fazer bolos e daqui a pouco vou sair, por isso fica para outro dia xD

MaGu disse...

e que tal um pouco de calma ... e pensares em tudo o que se passou e se está a passar.

Luana* disse...

R: oh muito obrigada minha querida, é óptimo ouvir isso :)

Parede Escrita disse...

Li os comentários da m. e sabes que ela tem razão, não sabes?!

Nix disse...

Lida com esse pavor, mas nunca o alimentes, pode ser? (:

Sofia disse...

Oh que bom! E eu surpreendo-me sempre que por aqui passo!
Adorei este pequenino, e esse pavor tem de ser escurraçado!