Dia 24 - Uma carta para os teus pais



Não vou fazer este mini-desafio. Devem imaginar porquê.
Só que são sangue do meu sangue. E amarei-vos sempre muito, onde quer que estejamos.

18 comentários:

Sónia disse...

Se precisares não chateias nada :)
Não penses, eu é que penso muito no futuro, mas não quero que isso se pegue a ti 'b

Wanna disse...

laços de sangue nunca se separam lembra-te sempre disso !

mary anne disse...

Sweet, resolvi nomear-te para o Liebster Blog Award. Para mais informações vai à página "challenge" do meu blog *.*

Bad disse...

Pois. Olha eu não fiquei arrependida por ter ido.
ahah, não não tenho a receita... mas a esta hora já te apetecia aquele prato!?

Bad disse...

Depois conta-me se gostaste.
Normalmente eu também me sentiria "assustada" por ir assim para um sítio onde não conheço ninguém. Mas como neste momento não tenho nada que me prenda ao sítio onde estou acho que vai ser bom para mim este recomeço :)

Patrícia disse...

podes explicar-me o porquê? eu não sei :s

V* disse...

Eu gosto de ir de vez em quando à discoteca, mas não sou grande fã.
Só que este Verão, com esta remodelação, não há isolamento do som, e quem tem de levar com a música são as pessoas que moram ao pé!

Patrícia disse...

tu é que decides, acho que fazes bem :)

V* disse...

A 8 de Setembro.
Pelo menos tenho uma semana para dormir melhor, porque começo a faculdade a 17 :)

V* disse...

Eu já me habituei a dormir pouco :p
Mas este ano não tem sido fácil dormir bem, porque sou daquelas pessoas que leva os problemas para a almofada e depois fica a pensar :S

Emilie Lorena disse...

As coisas mais bonitas são ditas no silêncio de um olhar. Eles sabem decerto o que sentes por eles.

V* disse...

É mesmo =/

Amante Japonesa disse...

basta um olhar que os teus pais compreendem-te (:

D. disse...

Não sei o porque, mas é verdade que pais são pais e a gente há-de ama-los para sempre :)

éme disse...

disseste pouco, mas chega perfeitamente Lú*

Joana disse...

e isso chega

Pedacinhos de mim disse...

Por vezes não são precisas palavras, fala-se apenas do que se quer, vive-se aquilo que se deseja. Por vezes o mais importante é guardado para nós e não colocada para todos o verem. Gosto sempre de cá passar. Um Beijo :)

Parede Escrita disse...

Tens razão, compreendo te perfeitamente :)