O amor



O amor torna-se um incómodo-bom. Isto um incómodo porque nem sempre é bom e torna-se doloroso e bom porque nem sempre é mau e abre-nos a alma. Limpa-nos o espírito mas ao mesmo tempo corrói-nos os pensamentos, apropria-se de falhas enormes em nós.
Podes bater-lhe palmas, ou então ajoelhares-te a ele.
Podes guardar-lhe um sorriso ou então disponibilizares-lhe uma lágrima escondida.
Podes fingir que queres ir, ou simplesmente nunca ir. 

14 comentários:

(Maria) Inês disse...

estou a organizar um giveaway, vai dar uma vista de olhos <3

Andreia Sofia disse...

As melhores coisas não são aquelas que são fáceis e boas, mas sim aquelas que nos dão luta :D

Joana disse...

Sim, foi óptimo revê-la e agora vou aproveitar estes diazinhos com ela! :)

Blackbird disse...

Todas as coisas têm as suas consequências, o amor não é excepção. Temos é que dar valor às coisas boas! As más também nos ensinam sempre alguma coisa :)

Daniela Castro disse...

Simples mas concreto !

Sofia Duarte disse...

Eu sei que é "entre tentações", foi mesmo engano de distracção, aliás em baixo escrevi correctamente. De qualquer das formas peço desculpa, vou já mudar :)

Blackbird disse...

Por aqui está tudo tranquilo, parece tudo normal, com algumas excepções :)

West East disse...

estou assim lú, nem bem nem mal. não estou nada ligada a ele, e parecendo que tudo o que escrevo é para ele, não é.. às pessoas que me rodeiam e que são próximas (amigos e assim) decidiram desiludir-me com muitas coisas também. afastei-me de outras pessoas que (se calhar de uma maneira não consciente para elas) "deitavam-me" a baixo. decidi lutar por mim e ser o motivo de orgulho para quem ainda acredita em mim e que sempre acreditou mesmo quando eu mesma não acreditava. tenho dedicado a 100% a universidade e começa a dar frutos que me deixam feliz e que me fazem lutar mais e mais sem desistir. claro que penso no meu ex, e sei que ele ficaria feliz por me ver assim "bem" porque sim, a cada dia que passa sinto-me melhor comigo mesma e consigo confiar mais em mim, mas ele não está. se algum dia virá a saber disto? não sei. se gostava que ele soubesse? gostava, mas não, não lhe vou dizer nada. porque o que tem de ser é, e sei que ele fez a parte dele quando esteve do meu lado... se calhar o papel dele na minha vida era "tirar-me" do fundo do poço e ele fez isso lindamente quando eu pensava que nunca iria sair de lá... perceber lú? não consigo dizer que estou mal, porque já estive dez mil vezes pior... mas também não posso dizer que estou feliz, porque já vivi a felicidade plena.
quanto ao não falar-mos tanto, não ando a ligar muito ao tlm e nunca venho ao msn.. mas a ver se te mando uma mensagem ou outra quando tiver mais tempo livre, quando tiver nos transportes ou assim.
Adoro-te lú* (e não vou aceitar o teu outro comentário) xD

Vanessa Silva disse...

obrigado princesa :D
gosto muito do texto. BEIJO GRANDE <3

Emilie Lorena disse...

Que texto tão sincero! O amor é e sempre será algo diferente a cada dia que passa.

miii disse...

Adorei! O amor passa por isto, de facto...

OutraMaria disse...

o amor é um pau de 2 bicos... é aquele que arde sem se ver, é aquele que magoa mas nao mata ;)

Do amor há sempre muito para dizer

Nix disse...

O amor é mesmo isso tudo. Adorei!

B! disse...

Consegues sempre ter os melhores textos...
Simplesmente lindo!