Tu estás de acordo?



Não sou de acordo com o facto de numa relação, um amar sempre mais que o outro, dar e doar mais que o outro, sentir, sofrer, chorar, gritar, quebrar, desiludir, desejar mais que o outro.
Mas a vida está feita de contrariedades e fases trocadas. 
Como se mudassem de pele por uns tempos.

5 comentários:

Sónia disse...

Em todas as relações há sempre algum que ama mais intensamente e, possivelmente, durante mais tempo. Mas, quase nunca saberás se és tu ou o outro a amar mais, porque mesmo não demonstrando pode ser o outro.

Olívia M. disse...

Concordo!

Sónia disse...

Eu acho que devem. Se fosse pela mesma medida haveria menos discussões, menos problemas e saberias exactamente o que sentiam por ti, não tinhas de demonstrar. Assim é mais complicado, mas acho que vale muito mais a pena :)
Eu quase sou alérgica aos carros x)

Aaminah disse...

teoricamente deviam ser os dois na mesma medida, mas nem sempre acontece

Gonçalo disse...

Haverá sempre um mais intenso que o outro. O amor não é simétrico, mas cuidado com os excessos de assimetria.

Beijinho :)